Ficar em dívida com o Leão? Veja o que acontece se você perder o prazo.

Ficar em dívida com o Leão? Veja o que acontece se você perder o prazo.

Todos os anos muitos contribuintes acabam não entregando o Imposto de Renda a tempo. Por mais que a Receita disponibilize um prazo longo, de quase dois meses completos, para a declaração, alguns não conseguem acertar as contas com o Leão em tempo, seja por falta de informação ou pela correria da vida pessoal. Este ano, assim como no ano passado, o prazo foi prorrogado e agora passa a ser 31 de julho de 2021.

A ideia é, claro, que você não perca o prazo. Todavia, como informação nunca é demais, trouxemos as possíveis consequências e soluções para caso isso aconteça com você.

Eu posso declarar depois do prazo?

Se isso acontecer com você, não precisa entrar em pânico. É possível fazer a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física depois do prazo, mas pagando uma multa. Assim que emitir a declaração (no programa da Receita Federal), o contribuinte receberá a “notificação de lançamento de multa” e a Darf da multa. Depois, são 30 dias para efetuar o pagamento e regularizar sua situação.

O que pode acontecer comigo se eu não declarar?

Quem é obrigado a declarar o IR e não o fizer, além do prejuízo financeiro, corre o risco de ficar com o CPF “sujo”, o que pode impedir a contratação de empréstimos, tirar passaportes, obter certidão negativa para venda ou aluguel de imóvel e até prestar concurso público até a regularização da situação com a Receita Federal.

O melhor mesmo é não deixar para depois. Ainda dá tempo! 

Se você ainda não fez a sua declaração porque tem dúvidas sobre como fazer, dá uma olhada aqui no blog que temos vários textos esclarecendo as dúvidas mais frequentes.

Conte com a gente para o que precisar:  [email protected] ou WhatsApp (41) 99965-3366.