Só 4% da População Paranaense têm Previdência Complementar

Só 4% da População Paranaense têm Previdência Complementar
Apenas 230 mil paranaenses em idade economicamente ativa contam com planos de previdência complementar, o que representa aproximadamente 4% da população. Este indicativo foi elaborado pelo cruzamento dos dados do Ministério da Previdência Social (Previc), da Associação Brasileira de Entidades Fechadas de Previdência Complementar (Abrapp) e do último senso Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No Brasil, aproximadamente, quatro milhões de pessoas têm previdência complementar, o que também deixa a média nacional em cerca de 4%.
“Esses números mostram o quanto nossa população ainda desconhece sobre educação financeira e previdenciária”, pondera o presidente da Associação dos Fundos de Pensão do Paraná (Previpar), José Luiz Costa Taborda Rauen. Segundo ele, muitas pessoas, apesar do cenário preocupante que o futuro das aposentadorias tem demonstrado nos últimos anos, ainda acreditam que o governo, por meio do INSS, lhes garantirá alguma qualidade de vida.
De acordo com Rauen, há algumas décadas, o INSS conseguia manter benefícios relativamente atrativos, mas que nos últimos anos o teto dos “salários” dos aposentados foi sendo achatado e a expectativa é de que nos próximos anos fique em torno de três salários mínimos. “Aquele que desejar manter a qualidade de vida e usufruir, com alegria e dinheiro, a aposentadoria, precisa, o quanto antes, fazer um planejamento e investir para isso”, afirma.
Para ter ideia do quanto a população brasileira tem deixado de se preocupar com a velhice, Rauen fez a seguinte comparação: “Enquanto apenas 4% da nossa população economicamente realiza investimentos na previdência complementar, esse percentual chega a 52% no Reino Unido, 39% na Bélgica, 33% nos Estados Unidos e 19% na Coréia do Sul”, demonstra.
Texto retirado de Eco Curitiba