Vai montar uma República Estudantil? Veja minhas dicas para escolher o imóvel ideal.

Vai montar uma República Estudantil? Veja minhas dicas para escolher o imóvel ideal.

Você passou no vestibular e está vindo morar em Curitiba? Então sabemos que uma das questões que devem ser resolvidas é: onde morar? 

Entrar na universidade e se mudar para uma cidade distante da sua família é um grande desafio. Pode haver uma ansiedade por deixar o ninho, e com ela a preocupação de encontrar um lugar seguro, bem localizado e onde você se sinta à vontade. Uma opção economicamente mais viável e que, com certeza, garante uma experiência inesquecível é morar em uma república estudantil: moradias de estudantes, geralmente do mesmo curso ou faculdade.

Você pode encontrar uma república que já exista. Nas grandes universidades, algumas delas existem há gerações, estas geralmente são casas mais badaladas. Existem também lugares mais calmos, tudo é uma questão de pesquisar até encontrar a república que se encaixa melhor com o seu perfil.

Mas se você decidiu formar a sua, a primeira coisa a se pensar é: que imóvel escolher: casa ou apartamento? E minha resposta é muito direta: casa!

E respondo porque: eu já cansei de ver repúblicas montadas em prédios que só dão problemas. Muitas vezes, os apartamentos em prédios antigos são escolhidos por serem amplos e centrais. Mas, muitos desses prédios não aceitam esse tipo de modalidade de moradia pelo barulho e até pela bagunça. Afinal, estamos falando de muitos jovens longe de casa pela primeira vez e vivendo juntos. É compreensível. Se você, ainda assim, optar por apartamento, converse antes com a imobiliária ou proprietário para verificar se as regras do condomínio comportam uma república estudantil.

Agora, falando sobre a escolha da casa, é importante que sejam consideradas algumas coisas:

  1. A casa tem jardim? Um espaço ao ar livre pode ser de muito uso quando a casa é dividida em muita gente.
  2. Tem estacionamento? Ainda que, a princípio, ninguém tenha carro, você pode deixar de receber um novo inquilino que tenha pela falta dela.
  3. A cozinha é ampla? Este ponto é muito importante, pense que são muitas pessoas para cozinhar, às vezes, nos mesmos horários.
  4. A casa tem muitos vizinhos próximos que possam reclamar? 
  5. Tenha regras muito claras sobre o funcionamento da casa.

É muita coisa para pensar, mas vale a pena. Além da economia, você pode viver momentos incríveis com pessoas especiais, que levará para o resto da vida.

E se você precisar de ajuda para encontrar a casa ideal, entre em contato com um dos nossos corretores: eles podem te ajudar a fazer uma busca mais eficiente e direta ao ponto, dentro dos imóveis que temos disponíveis para locação. 

Boa sorte, conte com a gente para o que precisar!