Vale a pena comprar imóvel em ano eleitoral?

Vale a pena comprar imóvel em ano eleitoral?

Sabemos que em ano de eleições tem polariza­ção, no Brasil ou em qualquer parte do mundo, porque há debate e oposição de ideias, o que cau­sa impacto em todos os mercados e, no setor imobiliário, não seria diferente. Isso, por si só, poderia causar um arrefecimento das intenções de compra, por insegurança com o futuro.

Porém, em 2022, devemos levar em conta que o mercado imobiliário já vem aquecido desde a pandemia, que levou o mundo a ressignificar a casa. O reflexo disso foi muito positivo para o mercado imobiliário. No Brasil, as vendas de imóveis bateram recordes após anos mantendo estabilidade. No pós-pandemia, o setor sente um grande crescimento depois da retomada das atividades comerciais. Aqui em Curitiba, por exemplo, a procura por imóveis residenciais aumentou. Em abril, o índice era de 30,7%, ultrapassando os 29,3% de março.

Além disso, apesar de um possível sentimento de insegurança, é fato que em ano eleitoral, as elevações com as receitas e gastos públicos aliados a uma competição mais equânime das construtoras pode gerar novas oportunidades de negócios. Assim, o cenário político atual pode acabar impulsionando novamente o mercado imobiliário ao crescimento. Dessa forma, investir em imóveis no ano de eleição pode ser uma boa forma de colocar suas economias para trabalhar por você.

Se o mercado está bom, a hora de investir é agora. Não precisa deixar o seu sonho esperando. Converse com a gente!